Os desafios para a Indústria Farmacêutica crescer em 2019/2020. Veja infográfico!

O cenário brasileiro é de recuperação. Que poderá ser mais ou menos vigorosa dependendo de vários fatores, entre eles: o desempenho do novo Governo e também da economia internacional.

Independentemente disso, a Indústria Farmacêutica continua em alta. Dados da Close-Up International apontaram um crescimento entre 6,9% e 9,3% para 2018. Além disso, de acordo com a Associação Brasileira das Farmácias e Drogarias (Abrafarma), em 2017 o Brasil ocupava a oitava posição no ranking mundial e deve saltar para o quinto lugar até 2021. O lucrativo mercado cria oportunidades para vários setores relacionados como logística, TI e marketing.

Apesar deste combo de ingredientes positivos, ainda há desafios a serem superados por essa indústria. Separamos alguns deles abaixo e também os ilustramos em um infográfico completo. Veja mais!

Atualização da Indústria

Resgatar os hábitos de busca por atualização, seja em materiais, equipamentos ou mecanismos de procedência, é urgente. Investimentos aliados aos campos docente e discente, em que há colaboração mútua entre fábricas e instituições de ensino, são possibilidades disponíveis para a formação – ou aperfeiçoamento – de profissionais transformadores neste campo. A indiscutível relevância das patentes também é pauta de debate como uma alternativa de propagação mundial para indústrias farmoquímicas brasileiras, onde sua identidade pode ser reconhecida em larga escala, ampliando assim seu poder de competitividade.

Investimento em tecnologia

As inovações na área de saúde facilitarão o monitoramento de pacientes, permitindo que soluções sejam oferecidas no momento certo, no canal certo e da forma certa. Inteligência artificial não é novidade nessa área, estando presente em dispositivos que avisam sobre necessidades e problemas do usuário. Gestores de marketing também serão beneficiados, podendo tomar decisões estratégicas e altamente segmentadas, em tempo real, como a mudança de preços ou o aumento da demanda por um produto em uma região específica.

Atenção ao e-commerce

Como a legislação brasileira não permite a venda de medicamentos que exigem prescrição médica pela internet, o mercado farmacêutico aposta em artigos de higiene, perfumaria, cosméticos, bem-estar e nutrição para faturar pela internet. A estratégia tem dado certo. Estes itens ocuparam a segunda posição entre os mais comprados em plataformas online no primeiro semestre de 2017, segundo levantamento da Ebit. É importante ficar atento aos desdobramentos do lobby da indústria farmacêutica na tentativa de aprovar prescrições eletrônicas para a compra de medicamentos.

Confira o infográfico para saber mais sobre o assunto!

Tenha acesso a este material completo. Baixe o arquivo!

A Engine possui grande experiência no ramo da Indústria Farmacêutica. Deseja levar sua empresa para o caminho da transformação digital? Então, fale com um de nossos consultores!