Desafios, tendências e o cenário da indústria farmacêutica, setor que cresceu 10% no 1º semestre

Na contramão de diversos setores da economia brasileira, a indústria farmacêutica vem crescendo cerca de dois dígitos ao ano. No primeiro semestre de 2018, o cenário não foi diferente: a receita das fabricantes de remédios subiu mais de 10%, de acordo com o Sindusfarma (sindicato do setor).

O faturamento foi impulsionado por um volume maior de vendas — uma alta de 7%—, segundo Nelson Mussolini, presidente da entidade. No entanto, houve queda na rentabilidade em decorrência do dólar. “O dólar subiu acima de 16% e nós importamos matéria-prima. O resultado operacional deverá ser prejudicado com o fim da desoneração da folha de pagamentos”, afirma em comunicado oficial.

ebook industria farmaceutica gestão futuro da indústria

Entre todas as segmentações da indústria, o mercado de genéricos foi o que teve os números mais robustos. O crescimento já vinha de outros períodos, mas em 2018 houve lançamentos de itens de preço médio mais alto, que fizeram o faturamento crescer além da venda de unidades.

Tendências do setor também seguem em alta

Comércio eletrônico de medicamentos

A venda online de medicamentos teve alta de 12,3% no segundo trimestre deste ano, segundo a pesquisa da Netquest em parceria com a Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (camara-e.net). O segmento ficou atrás somente da venda de ingressos pela internet.

Essa tendência vem se concretizando no ramo farmacêutico de maneira muito forte. Isso porque as compras online vão muito além da comodidade: os mesmos produtos saem, em média, 47% mais baratos também.

Medicamentos para animais de estimação

Dentro do faturamento total de R$ 20,3 bilhões do mercado pet no ano passado, um dos segmentos que mais cresceu foi o de medicamentos para animais de estimação – registrando alta de 7% ante 2016. Os dados foram publicados pela Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet). Com isso, farmácias de manipulação para este nicho elaboram estratégias para alavancar vendas físicas e online.

Desafios da indústria farmacêutica

O simples fato de a indústria farmacêutica lidar com a saúde humana já é um desafio por si só. Não se trata simplesmente da industrialização e venda de medicamentos, mas sim cuidar da saúde – que é o maior bem do ser humano – e, por isso, o respeito, profissionalismo, inovação e seriedade são premissas fundamentais.

Porém, além deste, a indústria farmacêutica precisa lidar com a questão da regulamentação rigorosa imposta principalmente pela ANVISA, que se não for seguida fielmente, pode gerar sérias sanções.

A ANVISA impõe que os padrões e normas estabelecidas nas diretivas de Boas Práticas de Fabricação sejam seguidas, o que exige um processo sistemático de verificação e certificação de que as operações de controle da qualidade estão sendo conduzidas de forma correta, e, por outro lado, verificar se os setores de desenvolvimento e produção estão trabalhando no sentido de manter o nível de eficiência projetado.

É neste cenário que as soluções de gestão empresarial da Engine e da SAP podem ajudar a sua empresa. Quer saber mais? Entre em contato com um dos nossos consultores!