Investir em tecnologia colocará sua empresa à frente quando o Brasil voltar a crescer

Por Enginebr
0 Comentário

tecnologia

Os cidadãos brasileiros, sejam eles CEOs, comerciantes ou prestadores de serviços, querem saber: será 2018 o ano em que o País voltará a crescer com intensidade? Para Cristina Palmaka, presidente desde 2013 da SAP Brasil, gigante alemã do ramo de software, será, sim. No entanto, apesar da boa notícia, a executiva faz um alerta às empresas que deixaram de investir em inovação durante a crise. Elas certamente ficarão para trás.

A afirmação foi concedida em uma entrevista exclusiva ao DCI, onde Cristina também analisou os sinais de recuperação dados pelo comércio e indústria. Além disso, explicou sobre a possível diminuição de discrepância entre as pequenas e grandes empresas e apontou as áreas que mais investem em tecnologia. Confira:

Balanço 2017

De acordo com a presidente, cada segmento da economia passa por uma fase. Desse modo, existem aqueles que estão extremamente afetados, enquanto outros crescem de forma fantástica. Pensando nisso, a SAP colocou o foco em duas vertentes: “Uma para as empresas que não estão no melhor momento, com a tecnologia como habilitador para baixar custos e aumentar produtividade. E a outra onde podemos aportar conhecimento”, afirmou ao DCI. Para Cristina estes dois tipos de empresa estarão na vanguarda quando o País voltar a crescer.

Áreas que mais investem

Segundo a executiva, os segmentos que olham de maneira diferenciada para a transformação digital são o do agronegócio e o setor financeiro. Porém, o varejo está começando a investir de forma mais agressiva em tecnologia, devido ao e-commerce e multicanalidade. “Já a parte de commodities e manufatura pesada, que sofreu muito nos últimos três anos, tem voltado a investir mesmo sem ter colhido grandes frutos de crescimento”, disse na entrevista.

Pequenas x grandes empresas

Para Cristina Palmaka, o distanciamento digital entre pequenas e grandes empresas vai deixar de existir. Isso porque com o advento da nuvem há uma democratização: “Em soluções 100% em nuvem você não precisa de pessoal de tecnologia, nem se preocupar com infraestrutura, a SAP faz tudo. A solução é a mesma na pequena e na grande”, constata.

Leia a entrevista completa no DCI.

Fonte: DCI