Conheça cinco tendências tecnológicas para 2018

Por Enginebr
0 Comentário

industry-2630319_1280

As inovações tecnológicas estão cada vez mais inseridas no mercado e, com a chegada de um novo ano, as novidades envolvendo o tema já começam a interessar os profissionais de TI para o planejamento do próximo período.

No Simpósio do Gartner/ITxpo 2017, ocorrido em Orlando, foram apresentadas oficialmente as principais tendências tecnológicas para 2018. David Cearley, Vice-Presidente do Gartner, conceituado instituto de consultoria, destacou na ocasião a importância da utilização desses conceitos pelos líderes de TI em suas estratégias de inovação.

Neste ano que se inicia, a Inteligência Artificial (IA), por exemplo, já promete ser a protagonista das tendências da área, pois deve integrar a base de todos os negócios digitais. Quer saber quais são as outras novidades que devem ganhar espaço no segmento? Confira!

  1. Inteligência Artificial

Será determinante para os fornecedores de tecnologia gerarem sistemas que possam aprender, adaptar e, eventualmente, atuar de maneira autônoma, até 2020. Já a IA utilizada para melhorar a tomada de decisões, reinventar modelos de negócios e ecossistemas e recriar a experiência do cliente deve gerar ganhos para as iniciativas digitais até 2025.

  1. Aplicativos Inteligentes e Analytics

Para os próximos anos, espera-se que praticamente todos os aplicativos e serviços incorporem algum nível de Inteligência Artificial. Outros serão usuários discretos da IA, que devem prover a inteligência nos bastidores. Em relação à Augmented Analytics, é uma área de crescimento estratégica que utiliza o aprendizado de máquina para automatizar a preparação de dados, a descoberta de insights e a troca de informações.

Além disso, a IA também tem tido importante papel em mercados de software e serviços, inclusive no que diz respeito ao planejamento de software de gestão empresarial (ERP). O software e os provedores de serviços integrados devem ajustar como eles utilizarão a IA para adicionar valor comercial às novas versões de suas soluções.

  1. Coisas Inteligentes

A inovação já alcança as novas coisas inteligentes (drones, veículos autônomos, robôs), ao mesmo tempo em que oferece mais capacidade para aprimorar conceitos já existentes, como IoT. A experimentação do uso de veículos autônomos em ambientes controlados, por exemplo, na agricultura e mineração, já é uma realidade. É possível que vejamos veículos autônomos em estradas limitadas, bem definidas e controladas até 2022.

  1. Edge Computing

A Edge Computing permite que os dados produzidos ou recolhidos por rede de IoT sejam processados ​​mais próximos de onde são criados, ao invés de serem enviados por meio de longos segmentos de rede para centros de dados ou plataformas de cloud computing. Entre alguns de seus benefícios estão a redução de custos de transmissão de dados e o aumento da velocidade de processamento.

Vale ressaltar que a Edge Computing pode tornar a nuvem melhor, tirando uma parte da carga que seus servidores precisariam realizar sozinhos. No entanto, a nuvem continuará sendo utilizada para abrigar aplicações que não são sensíveis ao tempo de resposta e atividades pesadas, como grandes análises de dados e backup de dados.

  1. Blockchain

O blockchain está evoluindo de uma infraestrutura de moeda digital para uma plataforma de transformação digital. As tecnologias de blockchain oferecem uma saída dos atuais mecanismos de transação e manutenção de registros. Isso porque os colocam em uma rede que é compartilhada com todos os participantes do sistema. O blockchain têm vários potenciais de aplicações, incluindo governo, saúde, fabricação, distribuição de mídia, verificação de identidade, registro de títulos e cadeia de suprimentos.

Quer conhecer mais sobre estas tendências? A Engine pode te ajudar!