Como a rastreabilidade vem transformando a Indústria de Alimentos

A indústria de alimentos e bebidas enfrenta diversos desafios em várias áreas. Entre eles, os requisitos de segurança do produto (alimento), as pequenas margens, ordens únicas ou exclusivas do cliente e uma constante mudança nos requisitos de estoque. Pensando em diminuir estes problemas e facilitar os processos, muitos empresários utilizam as chamadas soluções de rastreamento, que promovem a rastreabilidade.

Essa tecnologia permite o acompanhamento de um produto desde a sua produção até a chegada ao consumidor final. Ou seja, é capaz de rastrear ingredientes, materiais e produtos, o que garante maior segurança e qualidade ao longo de toda cadeia de produção. Hoje em dia, a rastreabilidade tem se tornado um fator estratégico tanto como argumento de venda, como de satisfação de quem consome. Quer saber mais como funciona essa ferramenta e os seus benefícios? Confira!

O caminho da rastreabilidade

A rastreabilidade de alimentos apresenta um processo com etapas bem definidas e mapeadas – e que tem como principal meta colocar as empresas em um patamar mais elevado em relação ao profissionalismo na produção, no tratamento de seus produtos e no relacionamento com a cadeia de abastecimento.

Nesse sentido, cabe destacar o uso do código de barras, que é uma das ferramentas de automação mais utilizadas para identificação dos produtos – processo importante dentro da rastreabilidade. O código, por sua vez, contribui para agilidade no atendimento ao cliente e aprimoramento da gestão. Ele permite uma captação automática das informações, garantindo maior controle, diminuição de erros, velocidade no atendimento de pedidos dos clientes, redução de custos…

Benefícios

Os sistemas automatizados de rastreabilidade oferecem aos fabricantes uma vantagem significativa porque eles têm acesso a informações mais confiáveis e em tempo real. Veja os principais benefícios dessa tecnologia!

Registro de dados aprimorado

A importância da segurança de alimentos é uma pauta cada vez mais importante. Com um sistema automatizado de rastreabilidade é possível registrar e armazenar os dados, sem que haja risco de perda, e integrá-los em um sistema de gestão de supply chain. Dessa forma, os fabricantes conseguem obter detalhes de todas as fases de produção; identificar as fontes de ingredientes utilizados; verificar as empresas ou lojas onde os produtos foram fornecidos e mais.

Aumento da precisão do inventário

Fabricantes de alimentos e bebidas estão tentando aumentar a eficiência do estoque. Nesse sentido, os sistemas de rastreamento automatizados podem ser usados para monitorar e registrar os usos reais, em tempo real, permitindo o controle de inventário muito mais preciso e atualizado em comparação com os sistemas manuais.

Além disso, as soluções de rastreamento automatizadas podem verificar a quantidade real de material usado em cada etapa de fabricação e podem automaticamente deduzir os níveis de inventário nos sistemas de negócios (ERP/SAP). Isto permitirá aos fabricantes controlar os níveis de inventário e apenas fazer pedido pela quantidade necessária de matéria-prima, eliminando a necessidade de estoques adicionais e reduzindo despesas operacionais.

Redução de custos

Os dados registrados através de uma ferramenta de rastreabilidade fornecem detalhes sobre o custo real da fabricação dos produtos, identificando os valores de cada etapa do processo de produção. Com estes dados, os executivos podem tomar decisões mais assertivas para reduzir os custos de fabricação.

A Engine possui experiência junto à Indústria de Alimentos. Confira nosso material sobre o assunto e aproveite para conversar com um de nossos consultores para tirar todas as dúvidas. Saiba mais!